Manual de Instalação e Configuração do Maxtrack Gateway para Linux

Document technical information

Format pdf
Size 1.4 MB
First found Jun 9, 2017

Document content analysis

Category Also themed
Language
Portuguese
Type
not defined
Concepts
no text concepts found

Persons

Organizations

Places

Transcript

Manual de Instalação e Configuração do
Maxtrack Gateway para Linux
Histórico de revisão
Data
Versão
Descrição
Autor
03/09/2012
2.0.0
Versão inicial
03/04/2013
2.1.0
Atualização
Thais Mendes
21/05/2013
2.1.1
Inserção da biblioteca Satamatics
Thais Mendes
2
Cristiano F. Melo
www.maxtrack.com.br
Utilizando este manual
Este manual lhe dará instruções sobre a operação e configuração do módulo.
Nas instruções a seguir, assumimos que o usuário detém de um extensivo conhecimento técnico, além de
ter sido treinado para manusear o produto.
SÍMBOLOS UTILIZADOS
Os ícones abaixo aparecerão durante o texto, instruindo melhor o usuário.
ATENÇÃO: Informações que devem ser seguidas para evitar possíveis
danos ao produto ou conflitos de configuração.
CUIDADO: Situações que podem danificar o produto ou outro
equipamento.
NOTA: Notas, dicas de uso ou informações adicionais.
DIREITOS AUTORAIS
As informações contidas neste documento são confidenciais e se constituem em propriedade da
MAXTRACK INDUSTRIAL LTDA (MAXTRACK). Estas informações não poderão ser utilizadas para outro
propósito, não podendo ser reveladas fora de sua organização sem prévia autorização por escrito da
MAXTRACK. É vedada a geração de fotocópias deste documento, bem como sua reprodução ou
distribuição, no todo ou em parte, por qualquer meio, inclusive sob meio gráfico, magnético, ótico,
fotográfico ou eletrônico.
3
www.maxtrack.com.br
Conteúdo
Utilizando este manual.................................................................................................................................................3
Conteúdo .............................................................................................................................................................................4
Conteúdo Ilustrativo......................................................................................................................................................6
Introdução..........................................................................................................................................................................7
Requisitos mínimos do servidor..............................................................................................................................8
Sistema operacional do servidor. .............................................................................................................8
Configuração mínima do servidor ............................................................................................................8
Visão geral de funcionamento do Maxtrack Gateway................................................................................. 10
Comunicação dos módulos de rastreamento veicular com o Gateway. ................................................10
Componentes do Maxtrack Gateway .....................................................................................................11
Funcionamento do Maxtrack Gateway ..................................................................................................11
Instalação do Maxtrack Gateway.......................................................................................................................... 14
Configuração dos módulos ...................................................................................................................................... 19
Editando o arquivo linux_gateway.conf .................................................................................................19
Parâmetros do arquivo linux_gateway.conf...........................................................................................19
Editando o arquivo mxt_data_processor.conf .......................................................................................22
Parâmetros do arquivo mxt_data_processor.conf.................................................................................22
Parâmetros do arquivo conf para gravar os dados no banco de dados Arena: .............................. 24
Parâmetros do arquivo conf para gravar os dados no banco de dados Accweb:........................... 24
Parâmetros do arquivo conf para gravar os dados no banco de dados Maxtrack IT: ................. 25
Parâmetros do arquivo conf para configuração do Maxtrack Connection: ...................................... 26
Parâmetros do arquivo conf para configuração do Post:.......................................................................... 27
Parâmetros do arquivo conf para configuração do Protocol Buffer (QPID): ..........................................27
Detalhando a configuração satelital do Maxtrack Gateway..................................................................... 28
Configurações finais para executar o Maxtrack Gateway. .................... Erro! Indicador não definido.
Gerenciamento do Maxtrack Gateway ............................................................................................................... 32
Interrompendo serviço do Maxtrack Gateway .............................................................................................. 32
Iniciando serviço do Maxtrack Gateway ........................................................................................................... 32
Reiniciando serviço do Maxtrack Gateway ................................................ Erro! Indicador não definido.
Configuração do diretório de arquivos de log ........................................................................................33
Problemas de instalação .......................................................................................................................................... 34
Definição das handlers ...........................................................................................................................34
Arquivos de log do Maxtrack Gateway............................................................................................................... 35
Modo de visualização dos arquivos........................................................................................................35
Log do módulo Data Processor...............................................................................................................35
Posição gravada pelos módulos. ............................................................................................................36
4
www.maxtrack.com.br
Indicação de erros. .................................................................................................................................36
Ausência de arquivo license.dat ou equipamento não licenciado. ........................................................36
Log do módulo Gateway.........................................................................................................................37
Conexão com equipamento. ..................................................................................................................38
Erros associados ao arquivo de licença. .................................................................................................38
Atualização...................................................................................................................................................................... 39
Backup ....................................................................................................................................................39
Processo de atualização .........................................................................................................................40
Atualização dos Handlers .......................................................................................................................40
Atualização do License.dat .....................................................................................................................40
5
www.maxtrack.com.br
Conteúdo Ilustrativo
Figura 1: Estrutura proposta de funcionamento do Sistema. ........................................................................ 9
Figura 2: Diagrama de comunicação do Maxtrack Gateway. ....................................................................... 12
Figura 3: Fluxo de comunicação bidirecional entre os processos. ............................................................... 13
Figura 4: Fluxo de dados simplificado entre o Gateway e os veículos no modo satelital. ............................. 31
Figura 5: Trecho do log onde se apresenta o módulo ................................................................................. 35
Figura 6: Trecho no mxt_data_processor.log ao receber posição. .............................................................. 36
Figura 7: Erro ao inserir dados no banco. ................................................................................................... 36
Figura 8: Erro ao inserir valor além da capacidade do campo. .................................................................... 36
Figura 9: Falta do arquivo license.dat ......................................................................................................... 36
Figura 10: Mensagem padrão do Gateway. ................................................................................................ 37
Figura 11: Mensagem de comunicação com o modulo. .............................................................................. 38
Figura 12: Módulo não licenciado no license.dat ........................................................................................ 38
6
www.maxtrack.com.br
Introdução
Este manual tem por objetivo detalhar o processo de instalação e configuração do Maxtrack Gateway para
Linux.
Neste manual também poderão ser encontradas informações para manutenção e o funcionamento
adequado do Maxtrack Gateway.
Importante: Caso já exista uma versão anteriormente instalada do Maxtrack Gateway em
seu servidor, recomendamos interromper o serviço (Ver página 26) realizar uma cópia de
segurança da pasta (Ver página 34) onde este se encontra instalado o seu Maxtrack
Gateway antes de iniciar o processo de instalação ou atualização de uma nova versão.
7
www.maxtrack.com.br
Requisitos mínimos do servidor
Sistema operacional do servidor.
O Maxtrack Gateway deverá ser instalado em um computador dedicado, com Sistema Operacional Linux
recomendado neste manual.
Importante: Não é recomendada a utilização de outras aplicações instaladas no mesmo
computador em que o Maxtrack Gateway for instalado, isso pode ocasionar o mau
funcionamento ou até mesmo a perda de desempenho do Sistema.
Para o correto funcionamento do Maxtrack Gateway, devemos utilizar uma distribuição Linux homologada
para o seu correto funcionamento, podendo ser utilizada as seguintes distribuições:
Debian 6.0 Squeze x64
Opensuse x64
Importante: É recomendado que o Linux esteja atualizado com os últimos pacotes de updates da versão. Caso se utilize uma distribuição diferente das recomendas, todos os
parâmetros de instalação e estabilidade de funcionamento do Maxtrack Gateway serão de
responsabilidade do usuário.
Configuração mínima do servidor
Conexão com a internet através de um link dedicado de no mínimo 128 Kbps e endereço de IP fixo. Este link
é imprescindível para estabelecer a comunicação entre o Maxtrack Gateway e os módulos de rastreamento
veicular.
A configuração mínima de Hardware do Servidor deve ser:
Processador Intel Pentium 4 [HT], 3.06 GHz
2GB de memória RAM
HD 73GB SCSI
Unidade Removível para Gravação em CDRW ou DVDRW
Uma saída de vídeo
Uma ou duas placas de rede off-board , dependerá da infraestrutura a se utilizar.
8
www.maxtrack.com.br
Na figura abaixo, temos uma ideia da estrutura proposta de funcionamento do Sistema.
Módulos de
rastreamento
veicular
Internet
Satélite
GPRS /
Interface
de rede 1
Firewall
Interface
de rede 2
Servidor
Maxtrack
Gateway
Servidor
do banco
de dados
R
E
D
E
L
O
C
A
L
Estações de
monitoramento
Servidor
de aplicação
(ACCWEB)
Figura 1: Estrutura proposta de funcionamento do Sistema.
9
www.maxtrack.com.br
Visão geral de funcionamento do Maxtrack Gateway
O serviço do Maxtrack Gateway é responsável por receber, decodificar e gravar no servidor os dados
enviados dos módulos de rastreamento veicular. Através desse serviço, são enviados os comandos para o
módulo de rastreamento veicular (acionamento de saídas como: bloqueio, sirene, desativação do alerta,
mensagens para o terminal de dados, etc.). Assim, toda a comunicação com o módulo de rastreamento
veicular é feita pelo Maxtrack Gateway através de uma conexão TCP ou UDP conforme configuração e
especificação técnica do módulo de rastreamento veicular. Ao ser configurado em bancada, através do
Maxtrack Setup, o módulo de rastreamento veicular é programado para enviar os dados a um determinado
IP e PORTA. O Gateway receberá os dados enviados para esta porta e vai realizar o tratamento das
informações.
Estes dados podem ser tratados de diversas formas, dentre elas, podemos destacar:
Gravar em uma base de dados conhecida, por exemplo, a base de dados do Arena Control Center,
ACCWeb ou Maxtrack IT, que são Sistemas desenvolvidos pela Maxtrack para possibilitar a
visualização do estado atual do veículo, exibição de histórico e diversas outras funcionalidades.
Disponibilizar os dados em arquivos padronizados no formato XML.
Encaminhar estruturas definidas em um servidor de fila de mensagens.
Aplicações customizadas podem ser desenvolvidas para o tratamento destes dados. Para isso, pode se
processar os arquivos XML ou simplesmente obter os dados postados no servidor de fila de mensagens.
Nota: Caso opte pelo desenvolvimento de uma aplicação customizada, é necessário entrar
em contato com o Departamento Comercial da Maxtrack para obter maiores detalhes.
Comunicação dos módulos de rastreamento veicular com o Gateway.
Após realizar as configurações dos módulos de rastreamento veicular, este primeiramente irá se conectar a
rede GPRS da operadora, conforme descrito no manual de configuração do mesmo e, através da internet,
os dados serão enviados para o servidor. O endereço do servidor para o qual este deverá transmitir é
definido através do Maxtrack Setup nos campos IP’s, podendo ser informado um ou mais endereços de
acordo com o modelo deste. Quando os dados chegarem ao servidor, a porta configurada no módulo de
rastreamento veicular deverá estar livre para o tráfego de dados.
Importante: Caso seu servidor se conecte à internet através de um Firewall ou Router,
algumas regras de redirecionamento ou uma DMZ devem ser criadas para garantir a
comunicação de entrada e saída para o serviço Gateway.
Além da comunicação via GPRS, alguns módulos de rastreamento veicular possuem a tecnologia de
comunicação via Satélite. Esta última é realizada pelo Gateway através de uma biblioteca de vínculo
dinâmico a ser abordada na seção, Configuração do Maxtrack Gateway (Ver página Erro! Indicador não
definido.).
10
www.maxtrack.com.br
Componentes do Maxtrack Gateway
O Maxtrack Gateway atualmente é composto por três aplicações:
Gateway (maxtrack_gateway): Aplicação responsável por realizar a comunicação com o
equipamento, receber e decodificar os dados e enviar comandos para os módulos.
Qpid (qpid): Aplicação responsável por gerenciar as filas de mensagens que são utilizadas
pelos processos Gateway e o Data Processor .
Data Processor (maxtrack_data_processor): Aplicação responsável por ler os dados decodificados
pelo gateway que se encontra em uma fila do servidor de mensagens e inserir na fila de
mensagens os comandos gerados pelo usuário que vão ser enviados para os módulos de
rastreamento veicular.
Funcionamento do Maxtrack Gateway
Assim que iniciar os serviços do Maxtrack Gateway, o processo Gateway irá carregar as bibliotecas de
protocolo de comunicação disponíveis em sua pasta de protocolo (Ver página 19) e em seguida ficará
esperando por conexões dos módulos de rastreamento veicular em uma porta TCP/UDP específica. Após o
módulo de rastreamento estabelecer a comunicação com o processo Gateway, este identifica qual é o
protocolo de comunicação utilizado para decodificar os dados recebidos. Em seguida, o Gateway codifica
esses dados em um formato definido e insere-os no formato de mensagem em uma das filas do processo
Qpid.
O processo Data Processor que já se encontra em execução fica monitorando essa fila e, tão logo que o
processo Gateway poste uma mensagem, o Data Processor consome esta da fila e encaminha para as suas
bibliotecas de tratamento de dados (Ver página 28). Estas bibliotecas denominadas data handlers, são
bibliotecas plugáveis que se encontra em uma pasta específica, dentre estas, podemos destacar algumas:
accweb_data_handler.so: Processa a mensagem e insere as informações em um banco de dados
utilizado pela aplicação ACCWeb desenvolvida pela Maxtrack.
arena_data_handler.so: Processa a mensagem e insere as informações em um banco de dados
utilizado pela aplicação Arena Control Center desenvolvida pela Maxtrack.
monitore_data_handler.so: Processa a mensagem e insere as informações em um banco de dados
utilizado pela aplicação Maxtrack IT (MIT) desenvolvida pela Maxtrack.
post_data_handler.so: Processa a mensagem e formata a mensagem em um layout diferenciado
para envio a um servidor HTTP, através do método POST.
protocol_buffer_data_handler.so: Encaminha a mensagem para outra fila de mensagens sem
alterar o seu conteúdo.
xml_data_handler.so: Processa a mensagem e grava as informações em arquivos no disco rígido
codificados no formato XML.
http_data_handler.so: Processa a mensagem e grava as informações em um banco de dados para
serem consultadas na página no Maxtrack Connection.
11
www.maxtrack.com.br
A figura a seguir exibe o fluxo de comunicação entre os processos do Maxtrack Gateway e os módulos de
rastreamento veicular.
Servidor
Maxtrack
Gateway
Servidor Maxtrack Gateway
maxtrack_gateway.exe
Gateway: Decodifica os dados recebidos
pelos módulos e grava a mensagem na fila
do Qpid. Codifica os comandos recebidos
da fila de mensagem e envia para os
módulos.
MTC400_protocoll.dll
MTC500_protocol.dll
MTC600_protocol.dll
MTCNet_protocol.dll
MXT1xx_protocol.dll
IDP780_protocol.dll
Firewall
qpidd.exe
Qpid: Servidor de filas de mensagens
Internet
maxtrack_data_processor.exe
Data Processor: Processa as mensagens
decodificadas pelo gateway que estão no
servidor de filas de mensagens. Insere na
fila de mensagens os comandos que serão
enviados para os módulos, gerados pelo
usuário.
Accweb_data_handler
Arena_data_handler.dll
Monitore_data_handler.dll
Xml_data_handler
Protocol_buffer_data_handler
Módulos de
Rastreamento
Veicular
Pastas com
arquivos XML
BD’s Maxtrack
Aplicação
Proprietária
Estações de
Monitoramento
Aplicação
Maxtrack
Figura 2: Diagrama de comunicação do Maxtrack Gateway.
O envio de comandos ocorre da seguinte forma, a aplicação do usuário insere o comando no banco de
dados (Accweb, Arena Control Center ou Maxtrack IT), ou é gerado um XML na pasta de comandos, em
seguida, a data handler específica do Data Processor detecta o comando inserido, codifica em uma
mensagem definida e insere na fila de mensagens de comandos do QPID, o processo Gateway consome
essa mensagem da fila, codifica para o formato do protocolo do módulo de rastreamento veicular e envia o
comando para este.
12
www.maxtrack.com.br
O fluxo demonstrado abaixo exemplifica a comunicação bidirecional entre os processos.
GATEWAY
CONNECTION
CONNECTION
PROTOCOLO (MTC, MXT, IDP)
GOOGLE PROTOCOL BUFFER
PRODUCER
INTERNET
CONSUMER
QPID
BROKER
FILA DE
MENSAGENS
CONSUMER
Módulos de
Rastreamento
Veicular
FILA DE
COMANDOS
PRODUCER
GOOGLE PROTOCOL BUFFER
XML, BANCO DE DADOS, ETC
DATA HANDLER
DATA HANDLER
DATA PROCESSOR
Figura 3: Fluxo de comunicação bidirecional entre os processos.
13
www.maxtrack.com.br
Instalação do Maxtrack Gateway
Este é um guia de instalação que deve ser seguido passo a passo para efetivar a correta instalação do
Maxtrack Gateway.
1.
Primeiramente, vamos resolver as dependências de aplicativos e bibliotecas necessárias
para a instalação dos componentes Maxtrack Gateway.
Nesta instalação, vamos utilizar uma distribuição Linux Debian 6.0 Squeeze x64. Devemos iniciar
instalando os seguintes pacotes:
mysql-client-5.1
libmysql++3
uuid-dev
pkg-config
build-essential
make
autoconf
automake
help2man
libtool
libmysql++3
mysql-client-5.1
doxygen
graphviz
ruby
sasl2-bin
libicu-dev
libsasl2-dev
g++
Isto pode ser feito pelo comando:
apt-get install mysql-client-5.1 libmysql++3 uuid-dev pkg-config build-essential make
autoconf automake help2man libtool doxygen graphviz ruby sasl2-bin libicu-dev libsasl2-dev g++
Atenção: Os pacotes acima mencionados são indispensáveis para dar sequência aos
demais procedimentos de instalação e execução do Maxtrack Gateway
2.
Baixando e instalando o Maxtrack Gateway.
Faça o download do Maxtrack Gateway no site de suporte da Maxtrack clicando em.
Downloads > Maxtrack Gateway > Linux
Na pasta onde baixou o Maxtrack Gateway, descompacte o arquivo.
# tar xvzf Maxtrack_Gateway.tar.gz
Copiar a pasta para o diretório padrão
# cp –rf Maxtrack_gateway /usr/local/
3. Com a pasta do Maxtrack_Gateway copiada para o diretório /usr/local, acesse a pasta do Maxtrack
Gateway /usr/local/Maxtrack_gateway e, dentro da pasta do Maxtrack_gateway, irá conter a
seguinte arquitetura de pastas:
14
www.maxtrack.com.br
Exemplo de arquitetura mostrada em Windows:
4. Realize o download do seu arquivo license.dat no site do suporte da Maxtrack e copie-o para a
pasta license, dentro do diretório do Maxtrack Gateway.
5. Realize o download das libs correspondentes aos sistemas utilizados (XML, accweb) e copie-os para
o diretório data_handler dentro do diretório libs no diretório do Maxtrack Gateway.
Obs.: se você deseja compilar as bibliotecas vá para o passo 8.
6. Realize o download das dependências do Maxtrack Gateway Fila Linux através do site da Maxtrack,
o nome do arquivo é: dependencies.tar.g
7. Após o download das dependências, o arquivo compactado irá conter uma pasta chamada
dependencies, dentro dessa pasta, haverá outra pasta chamada lib. Todo o conteúdo da pasta lib
deve ser copiado para a pasta do sistema: /usr/lib .
Após este passo, vá para o passo 12.
8. Baixar e compilar o pacote de lib da libboost 1.53 com as opções date_time, filesystem, regex,
serialization, signals, system, thread, program_options.
15
www.maxtrack.com.br
Abaixo veremos os passos necessários para compilar esta biblioteca.
Baixando a libboost, versão 1.53.
# wget http://ufpr.dl.sourceforge.net/project/boost/boost/1.53.0/boost_1_53_0.tar.bz2
Descompactando o arquivo.
# tar xvjf boost_1_53_0.tar.gz
Acesse o diretório e de permissão de execução ao arquivo bootstrap.
# cd boost_1_53_0
# chmod a+x bootstrap.sh
Execute o bootstrap.sh.
# ./bootstrap.sh
O Comando abaixo irá compilar e instalar somente as bibliotecas necessárias, este processo é
demorado.
Arquitetura x64.
# ./b2 address-model=64 --prefix=/usr --layout=system --with-iostreams --with-chrono --withdate_time --with-filesystem --with-regex --with-serialization --with-signals --with-system --withthread --with-program_options --with-test install
9. Baixar e compilar o pacote Qpid, deve se escolher onde instalar definindo na opção prefix.
Baixando o Qpid.
# wget http://www.apache.org/dyn/closer.cgi/qpid/0.20/qpid-cpp-0.20.tar.gz
Descompactando o arquivo.
# tar xvzf qpid-cpp-0.20.tar.gz
Acesse o diretório e configure os fontes.
# cd qpid-cpp-0.20
# ./configure --prefix=<caminho de instalação>
Compilando e instalando a aplicação no caminho configurado.
# make install
10. Baixar e compilar o pacote Protoburf, deve se escolher onde instalar definindo na opção prefix.
Baixando o Protobuf.
# wget http://code.google.com/p/protobuf/downloads/detail?name=protobuf-2.5.0.tar.gz
Descompactando o arquivo.
# tar zxvf protobuf-2.5.0.tar.gz
Acesse o diretório e configure os fontes.
# cd protobuf-2.5.0
# ./configure --prefix=<caminho de instalação>
Compilando e instalando a aplicação no caminho configurado.
# make install
11. Agora será necessário copiar as libs do Qpid e Protobuf para a pasta do sistema.
Copiando as bibliotecas
16
www.maxtrack.com.br
# cp /<caminho de instalação>/qpid-tools/lib/lib* /usr/lib
# cp /<caminho de instalação>/protobuf-tools/lib/lib* /usr/lib
12. Configurações finais para executar o Maxtrack_Gateway
Acesse a pasta de instalação do Maxtrack Gateway.
# cd /usr/local/maxtrack_gateway
Dê permissões de execução para, maxtrack_gateway, maxtrack_data_processor e qpidd.
# chmod a+x maxtrack_gateway maxtrack_data_processor qpidd
13. Para iniciar o Maxtrack Gateway corretamente, primeiramente, deve ser iniciado o serviço do
QPIDD, posteriormente, o Gateway e, por fim, o serviço do data_processor.
Execute os seguintes comandos dentro do diretório do Maxtrack Gateway:
Iniciando o QPIDD
./qpidd --auth no --data-dir ./tmp &
Iniciando o Maxtrack Gateway
./maxtrack_gateway linux_gateway.conf
Iniciando o Data_Processor
./maxtrack_data_processor linux_data_processor.conf
17
www.maxtrack.com.br
Para iniciar o gateway em modo Debug.
Iniciando o Maxtrack Gateway
./maxtrack_gateway -d linux_gateway.conf
Iniciando o Data_Processor
./maxtrack_data_processor -d linux_data_processor.conf
14. Após realização desses procedimentos, executar o comando abaixo para verificar se o qpidd
iniciou corretamente:
ps aux | grep qpidd
15. Posteriormente, executar o comando abaixo, para verificar se o serviço do Gateway e do
data_processor iniciaram corretamente.
ps aux | grep Maxtrack
16. Acessar o diretório LOGS e verificar se os logs do gateway e do data processor estão
sendo gerados corretamente.
18
www.maxtrack.com.br
Configuração dos módulos
Editando o arquivo linux_gateway.conf
Acesse a pasta de instalação. No decorrer do manual vamos trabalhar com o caminho padrão de
instalação do Maxtrack Gateway como sendo: /usr/local/maxtrack_gateway.
# cd /usr/local/maxtrack_gateway
Edite o arquivo de instalação do módulo maxtrack_gateway.
# nano linux_gateway.conf
Parâmetros do arquivo linux_gateway.conf
Porta de espera por conexões de módulos:
listen_port = 9003
Atenção: Ao definir um valor para utilizar no campo porta de conexão, tenha certeza que
este não esteja sendo utilizado por outro aplicativo ou tenha alguma regra encaminhando
o tráfego para um destino diferente. Caso haja duas instalações do Maxtrack Gateway em
um mesmo servidor, deve se atentar para definir valores distintos nesta opção em cada
instalação.
Porta de espera por pedidos de status retorna informações do modulo maxtrack_gateway no padrão
XML. Exemplo de consulta: HTTP://HOSTNAME:PORTA
monitor_port = 9004
Atenção: Ao definir um valor para utilizar no campo porta de conexão, tenha certeza que
este não esteja sendo utilizado por outro aplicativo ou tenha alguma regra encaminhando
o tráfego para um destino diferente. Caso haja duas instalações do Maxtrack Gateway em
um mesmo servidor, deve se atentar para definir valores distintos nesta opção em cada
instalação.
Tempo entre cada impressão de estatísticas, valor em segundos.
status_log_period = 10
Nível de detalhamento das mensagens de log, estes podem ser: never, info, error ou debug.
log_level = error
Importante: É recomendado manter o detalhamento de log na opção error para
minimizar o tamanho dos arquivos criados diariamente. A opção debug só é recomendada
em caso de análise de problema.
Caminho da pasta de log ou arquivo onde todo o log será gerado. Caso especifique uma pasta os
arquivos vão ser gerados dentro dela no padrão aaaa-mês-dd_gateway.log.
log_file = logs
Atenção: Se for especificada uma pasta, o Gateway irá gerar arquivos por dia, se for
especificado um arquivo todo, o log será gravado naquele arquivo.
19
www.maxtrack.com.br
Aqui você define o caminho e nome da pasta de repositório onde o Gateway vai procurar por arquivos
a enviar ao módulo, estes podem ser, firmwares, ação embarcada, bibliotecas de motorista, etc.
repository_dir = repository
Aqui você informa ao gateway o tempo máximo que ele deve manter uma conexão aberta com um
módulo de rastreamento que não esteja transmitindo.
connection_timeout = 120
Período de tempo em segundos para cada tentativa de envio dos comandos que são inseridos no
diretório com os equipamentos off-line:
command_retry_timeout = 30
Aqui você informa ao gateway tempo de espera entre um comando e outro que aguarda para ser
enviado na fila de comandos.
time_between_commands = 3
Diretório das bibliotecas de protocolo:
protocol_library_dir = libs/protocol
Diretório para o arquivo de licenças:
lock_dir = license
IP de conexão com o Qpid.
broker_ip = 127.0.0.1
Porta de conexão com o Qpid.
broker_port = 5672
Nome da fila em que serão postadas as mensagens, posições e respostas de comando:
data_message_queue = mxt_data_qpid
Tamanho da fila. Este tamanho definirá a quantidade máxima de posições em espera, se este valor for
atingido, o gateway irá interromper o servidor de conexões para que os módulos armazenem as
posições em memória até que esta fila fique abaixo de 80% quando o gateway irá reabrir o servidor de
conexões:
data_message_queue_size = 3000
Nota: No campo data_message_queue_size, o valor definido é alocado em posições
enviadas pelo módulo de rastreamento, isto foi definido dessa forma, pois o tamanho de
um pacote pode variar de acordo com a quantidade de informações nele contidas, assim,
o valor informado será calculado por posições e não em espaço alocado.
Nome da fila em que o data_processor irá postar novos comandos:
command_message_queue = mxt_command_qpid
Tamanho da fila, este tamanho definirá a quantidade máxima de comandos em espera, se este valor
for atingido, o gateway irá interromper o servidor de conexões para que os módulos armazenem as
posições em memória até que esta fila fique abaixo de 80% quando o gateway irá reabrir o servidor de
conexões.
command_message_queue_size = 3000
20
www.maxtrack.com.br
Nota: No campo, command_message_queue_size, o valor definido é alocado em
posições enviadas pelo módulo de rastreamento, isto foi definido dessa forma, pois
o tamanho de um pacote pode variar de acordo com a quantidade de informações
nele contidas assim, o valor informado será calculado por posições e não em espaço
alocado.
Usar fila de serviços, esta fila irá conter status do módulo, como módulo conectado e módulo
desconectado.
use_service_message_queue = 0
Atenção: Esta fila deve ter um tamanho grande, pois são muitos status ao mesmo
tempo, se não for consumir este status desabilite esta fila devido seu valor para zero.
Nome da fila onde o Gateway irá postar os status.
service_message_queue = mxt_service_qpid
Tamanho da fila, este tamanho definirá a quantidade máxima de status em espera, se este valor for
atingido o gateway irá interromper o servidor de conexões para que os módulos armazenem as
posições em memória até que esta fila fique abaixo de 80% quando o gateway irá reabrir o servidor de
conexões.
service_message_queue_size = 500000
Nota: No campo, service_message_queue_size, o valor definido é alocado em
posições envidas pelo módulo de rastreamento, isto foi definido assim, pois o
tamanho de um pacote pode variar de acordo com a quantidade de informações
nele contidas assim o valor informado será calculado por posições e não em espaço
alocado.
Mantendo este campo com valor um, o gateway vai imprimir um tag a mais no XML de posição
informando a coordenada GPS em UTM.
utm_coordinate = 1
Mantendo este campo com valor um, o gateway vai fazer cálculos de conversão das coordenas do
padrão WGS-84, fornecido pelo GPS do módulo de rastreamento para este padrão, e imprimir no
pacote de posição XML uma tag LATITUDE_SAD69 e LONGITUDE_SAD69 com os respectivos valores.
sad69_datum = 1
Define as pastas que os protocolos ID-780 e MTC-550 vão gravar as imagens vindas dos módulos.
mtc550_image_dir = images/mtc550
idp780_image_dir = images/idp780
idp780skywave_image_dir = images/idp780skywave
Importante: Os arquivos salvos nesta(as) pasta(as), serão salvos em formato binário e não
nos formatos conhecidos como JPEG, JPG, PNG, etc.
21
www.maxtrack.com.br
Editando o arquivo linux_data_processor.conf
Acesse a pasta de instalação. No decorrer do manual vamos trabalhar com o caminho padrão de
instalação do Maxtrack Gateway como sendo /usr/local/maxtrack_gateway.
# cd /usr/local/maxtrack_gateway
Edite o arquivo de instalação do módulo linux_data_processor.conf.
# nano linux_gateway.conf
Parâmetros do arquivo linux_data_processor.conf
Porta de espera por pedidos de status retorna informações do modulo maxtrack_gateway no padrão
XML. Exemplo de consulta, HTTP://HOSTNAME:PORTA
monitor_port = 9005
Atenção: Ao definir um valor para utilizar no campo porta de conexão, tenha certeza que
este não esteja sendo utilizado por outro aplicativo ou tenha alguma regra
encaminhando o trafego para um destino diferente. Caso haja duas instalações do
Maxtrack Gateway em um mesmo servidor, deve se atentar para definir valores distintos
nesta opção em cada instalação.
Diretório onde está localizado os arquivos de comunicação com outros aplicativos, como Accweb,
Arena Control Center, XML ou aplicativos de desenvolvimento pessoal. A opção XML cria arquivos no
formato XML para integração com outras aplicações.
library_directory = libs/data_handler
Nível de detalhamento das mensagens de log, estes podem ser never, info, error ou debug.
log_level = error
Importante: É recomendado manter o detalhamento de log na opção error para
minimizar o tamanho dos arquivos criados diariamente. A opção debug só é
recomendada em caso de análise de problema.
Caminho da pasta de log ou arquivo onde todo o log será gerado. Caso especifique uma pasta os
arquivos vão ser gerados dentro dela no padrão aaaa-mês-dd_gateway.log.
log_file = logs
Atenção: Se for especificada uma pasta o Gateway irá gerar arquivos por dia, se for
especificado um arquivo todo o log será gravado naquele arquivo.
Número de threads do pool de threads. Essas threads são utilizadas pelas bibliotecas de tratamento de
mensagens para realizar operações que demandem tempo ou acesso a I/O:
pool_num_threads = 10
Número máximo de operações pendentes no pool de threads. Caso esse número seja atingido, a
thread que realizou o agendamento da operação ficará bloqueada até que o número de operações
pendentes diminua:
pool_max_messages = 1000
Aqui você deve informar o nome de uma pasta existente onde você armazenou os arquivos de licença.
22
www.maxtrack.com.br
lock_dir = license
IP de conexão com o Qpid.
broker_ip = 127.0.0.1
Prota de conexão com o Qpid.
broker_port = 5672
Nome da fila em que o data_processor irá procurar por novas mensagens.
data_processing_message_queue = mxt_data_qpid
Tamanho da fila, este tamanho definirá a quantidade máxima de mensagens em espera, se este valor
for atingido o gateway irá interromper o servidor de conexões para que os módulos armazenem as
posições em memória até que esta fila fique abaixo de 80% quando o gateway irá reabrir o servidor de
conexões.
data_processing_message_queue_size = 3000
Nota: No campo, data_processing_message_queue_size, o valor definido é alocado
em posições enviadas pelo módulo de rastreamento, isto foi definido assim, pois o
tamanho de um pacote pode variar de acordo com a quantidade de informações
nele contidas assim o valor informado será calculado por posições e não em espaço
alocado.
Nome da fila em que o data_processor irá postar novos comandos:
command_message_queue = mxt_command_qpid
Tamanho da fila, este tamanho definirá a quantidade máxima de comandos em espera, se este valor
for atingido, o gateway irá interromper o servidor de conexões para que os módulos armazenem as
posições em memória até que esta fila fique abaixo de 80% quando o gateway irá reabrir o servidor de
conexões.
command_message_queue_size = 3000
Nota: No campo, command_message_queue_size, o valor definido é alocado em
posições enviadas pelo módulo de rastreamento, isto foi definido assim, pois o
tamanho de um pacote pode variar de acordo com a quantidade de informações nele
contidas assim, o valor informado será calculado por posições e não em espaço
alocado.
Pasta em que o usuário ou programa irá gravar os arquivos XML com os comandos a serem enviados
para o módulo de rastreamento veicular.
xml_command_directory = xml/commands
Pasta em que serão gravadas as respostas dos comandos enviados pelo usuário ou programa.
xml_command_response_directory = xml/commands_response
Pasta onde serão gravadas as posições enviadas pelo módulo de rastreamento veicular no formato
XML.
xml_output_directory = xml/data
Intervalo de tempo em que serão geradas as posições:
xml_generation_interval = 10
Número máximo de posições por arquivo XML, valores menores que 51 desabilitam esta função.
xml_max_messages = 50
23
www.maxtrack.com.br
Importante: Caso os únicos meios para troca de informações com os equipamentos sejam
os softwares Arena, MIT ou Accweb é recomendável não se utilizar a xml_data_handler.so
para evitar consumo de espaço em disco pelos arquivos XML´s gerados.
Parâmetros do arquivo conf para gravar os dados no banco de dados
Arena:
#Host
db_host = 127.0.0.1
#Usuario
db_user = root
#Senha
db_password = arena
#Base de Dados
db_name = arena
#Porta
db_port = 3306
#Tipo de Banco
db_type = mysql
#Numero de conexoes (POOL)
db_connections = 10
#Intervalo para atualizações dos comandos
commands_refresh_interval=1
Descrição dos campos de configuração.
Campo
Significado
Valor padrão
Host
IP da máquina onde o banco de dados está instalado
127.0.0.1
Usuário
Usuário de acesso ao banco de dados
root
Senha
Senha de acesso ao banco
arena
Nome do banco de dados
Nome do banco de dados
arena
Porta do banco de dados
Porta de acesso ao banco de dados
3306
Tipo de banco de dados
Sistema de gerenciamento de dados utilizado
mysql
Numero de conexões
Número do pool de conexões
10
Intervalo para atualizações
dos comandos
Intervalo para que os comandos gravados sejam enviados
para os módulos
1
Parâmetros do arquivo conf para gravar os dados no banco de dados
Accweb:
#Host
accweb_db_host=127.0.0.1
#Porta
accweb_db_port=3306
#Número de conexões (POOL)
accweb_db_connections=10
#Intervalo para atualizações dos comandos
24
www.maxtrack.com.br
accweb_commands_refresh_interval=1
#Nome do banco de dados
accweb_db_name=accweb
#Usuário
accweb_db_user=root
#Senha
accweb_db_password=accweb
#Tipo do banco de dados
accweb_db_type=mysql
Descrição dos campos de configuração.
Campo
Significado
Valor padrão
Host
IP da máquina onde o banco de dados está instalado
127.0.0.1
Porta do banco de dados
Porta de acesso ao banco de dados
3306
Numero de conexões
Número do pool de conexões
10
Intervalo para atualizações
dos comandos
Nome do banco de dados
Intervalo para que os comandos gravados sejam enviados
para os módulos
Nome do banco de dados
1
Usuário
Usuário de acesso ao banco de dados
root
Senha
Senha de acesso ao banco
accweb
Tipo de banco de dados
Sistema de gerenciamento de dados utilizado
mysql
accweb
Parâmetros do arquivo conf para gravar os dados no banco de dados
Maxtrack IT:
#Host
monitore_db_host = 127.0.0.1
#Usuario
monitore_db_user = root
#Senha
monitore_db_password = monitore
#Base de Dados
monitore_db_name = monitore
#Porta
monitore_db_port = 3306
#Tipo de Banco
monitore_db_type = mysql
#Numero de conexoes (POOL)
monitore_db_connections = 10
#Intervalo para atualizações dos comandos
monitore_commands_refresh_interval = 1
25
www.maxtrack.com.br
Descrição dos campos de configuração.
Campo
Significado
Valor padrão
Host
IP da máquina onde o banco de dados está instalado
127.0.0.1
Usuário
Usuário de acesso ao banco de dados
root
Senha
Senha de acesso ao banco
monitore
Nome do banco de dados
Nome do banco de dados
monitore
Porta do banco de dados
Porta de acesso ao banco de dados
3306
Tipo de banco de dados
Sistema de gerenciamento de dados utilizado
mysql
Número de conexões
Número do pool de conexões
10
Intervalo para atualizações
dos comandos
Intervalo para que os comandos gravados sejam enviados
para os módulos
1
Parâmetros do arquivo conf para configuração do Maxtrack Connection:
#Host.
webservice_db_host=127.0.0.1
#Usuário.
webservice_db_user=root
#Senha.
webservice_db_password=http
#Nome do banco de dados.
webservice_db_name=http
#Porta do banco de dados.
webservice_db_port=3306
#Tipo do banco de dados.
webservice_db_type=mysql
#Numero de conexão.
webservice_db_connections=10
#Porta de conexao HTTP.
webservice_port=8080
#Pasta raiz HTTP.
webservice_doc_root=doc_root
Descrição dos campos de configuração.
Campo
Significado
Valor padrão
Host
IP do servidor de banco de dados.
127.0.0.1
Usuário
Nome da base de dados a ser utilizada.
root
Senha
Senha a ser utilizada para autenticação no banco de dados.
http
Nome do banco de dados
Nome da base de dados a ser utilizada.
http
Porta do banco de dados
Porta TCP do servidor de banco de dados.
3306
Tipo de banco de dados
Sistema de gerenciamento de dados utilizado
mysql
Número de conexões
Tamanho máximo do poll de conexões com o banco de
dados.
Porta TCP/UDP que aceitará conexão HTTP.
10
Porta de conexão HTTP
26
8080
www.maxtrack.com.br
Pasta raiz HTTP
Pasta raiz onde serão armazenados os arquivos do servidor
HTTP.
doc_root
Parâmetros do arquivo conf para configuração do Post:
#Número de conexões.
post_pool_size=10
#URL do servidor.
post_url=http://
Descrição dos campos de configuração.
Campo
Significado
Valor padrão
Número de conexões.
Número máximo de conexões simultâneo via POST
10
URL do servidor.
URL para envio dos dados via POST METHOD
http://
Parâmetros do arquivo conf para configuração do Protocol Buffer (QPID):
#Porta do serviço.
ext_broker_port=5672
#IP do serviço.
ext_broker_ip=127.0.0.1
#Tamanho da fila.
ext_data_processing_message_queue_size=5000
#Nome da fila.
ext_data_processing_message_queue=fila_dados_ext
Descrição dos campos de configuração.
Campo
Significado
Valor padrão
Porta do serviço.
Porta TCP do QPID Broker que aceitará conexões.
5672
IP do serviço.
IP de conexões com o QPID Broker.
127.0.0.1
Tamanho da fila.
Número máximo de mensagens a ser armazenadas na fila
5000
Nome da fila.
Nome da fila a ser utilizada para encaminhar as mensagens
de posição, setup e resposta de comandos.
fila_dados_ext
27
www.maxtrack.com.br
Detalhando a configuração satelital do Maxtrack Gateway
Os equipamentos MTC 500 com TD-50, IDP-780 e MTC 550 podem comunicar-se por satélite com a central
de rastreamento utilizando um modem Skywave. As configurações e condições para isso encontram-se
descritas no Manual do MTC Setup. A comunicação no modo satelital ocorrerá de forma que o módulo de
rastreamento veicular se conecte à constelação de satélites da Skywave que encaminhará esses dados para
o seu servidor. O serviço Maxtrack Gateway deverá se conectar à esse servidor para acessar os pacotes de
posição enviados pelo módulo e gravar na base de dados. Para a conexão do serviço Maxtrack Gateway ao
servidor Skywave, é necessário que sejam realizadas as seguintes configurações:
1º. Acessar a área de downloads do site da Maxtrack: No site da Maxtrack, baixar as bibliotecas para
acesso e manipulação de dados enviados por satélite que são:
skywave_http_satellite_communication.so: usada para td50skywave_protocol.so ou
mtc550skywave_protocol.so.
skywave_rest_satellite_communication.so: usada para idp780skywave_protocol.so comunicação
com IDP-780.
satamatics_http_satellite_communication.so: usada para mtc550satamatics_protocol.so.
2º. Adicionando as bibliotecas: Acessar o diretório onde está instalado o Maxtrack Gateway e localize a
pasta libs/satellite adicione os arquivos skywave_http_satellite_communication.so ,
satamatics_http_satellite_communication.so e/ou skywave_rest_satellite_communication.so.
3º. Configurar o Maxtrack Gateway: na configuração do Maxtrack Gateway, adicionar os parâmetros
para conexão ao servidor Skywave e Satamatics referente a cada biblioteca.
Skywave http:
# Caminho da biblioteca
satellite_communication_library_path=libs/satellite/skywave_http_satellite
_communication.so
# url
skywave_http_url=http://versa1.skywave.com:5101/xml/dapi-xml1
# Número de contas cadastradas
skywave_http_account_size=2
#Intervalo de polling
skywave_http_polling_interval=10
#Identificador do usuário 1
skywave_http_access_id1=12345678
#Senha do usuário 1
skywave_http_password1=asdfghjk
# Tipo de módulo 1
skywave_http_module_type1=2
#Identificador do usuário 2
skywave_http_access_id2=87456321
#Senha do usuário 2
28
www.maxtrack.com.br
skywave_http_password2=kjhgfdsa
#Tipo de módulo 2
skywave_http_module_type2=1
Satamatics http:
# Satamatics http server url
satamatics_http_url = http://xml1.guardiancar.com.br:8080/xml3
# Satamatics http server user id
satamatics_http_access_id1 = maxtrack
# Satamatics http server user password
satamatics_http_password1 = 1234abcd
# Skywave polling interval (checks for pending messages on skywave http
server)
satamatics_http_polling_interval = 10
#tipo de modulo 1 = mtc550satamatics
satamatics_http_module_type1=1
# Arquivo de será armazenado o filtro from_id para download de messagens
satamatics_http_start_msg_from_id_file =
.\start_msg_satamatics_from_id.store
Skywave rest:
# Caminho da biblioteca
satellite_communication_library_path=libs/satellite/skywave_rest_satellite
_communication.so
# url
skywave_rest_base_url=http://isatdatapro.skywave.com/GLGW/GWServices_v1/Re
stMessages.svc/
#Intervalo de polling
skywave_rest_polling_interval=10
#Id da última mensagem
skywave_rest_start_msg_from_id_file=start_msg_from_id.store
#Número de contas cadastradas
skywave_rest_account_size=2
#Identificador do usuário 1
skywave_rest_access_id1=12345678
#Senha do usuário 1
skywave_rest_password1=asdfghjk
#Identificador da sub-conta cadastrada 1 (se houver)
skywave_rest_sub_account_id1=
#Identificador do usuário cadastrado 2
skywave_rest_access_id2=87456321
29
www.maxtrack.com.br
# Senha do usuário cadastrado 2
skywave_rest_password2=kjhgfdsa
#Identificador da sub conta cadastrada (se houver)
skywave_rest_sub_account_id2=
Abaixo, segue a descrição da configuração para acesso e manipulação das posições enviadas por satélite.
Caminho para acesso à pasta libs localizada dentro do diretório onde o Maxtrack Gateway está
instalado:
satellite_communication_library_path=libs/protocol/ skywave_http_satellite_communication.so
Endereço do site de comunicação com a Skywave. (Skywave http server url )
skywave_url = http://versa1.skywave.com:5101/xml/dapi-xml1
Id para acesso ao servidor Skywave:
skywave_user_id =
Senha para acesso ao Control Station da Skywave. (Skywave http server user password )
skywave_password =
Importante: O usuário e a senha utilizados para acesso ao Control Station da Skywave são
disponibilizados pela Skywave para o usuário.
Intervalo de tempo em minutos em que o Maxtrack Gateway irá verificar se existem novas posições
enviadas pelo módulo
skywave_polling_interval = 10
Atenção: Se as bibliotecas não estiverem dentro da pasta libs/protocol e as linhas acima
forem inseridas, o Gateway poderá apresentar instabilidade. Isto também ocorrerá no caso
das bibliotecas estarem contidas dentro da pasta libs e o arquivo “mxt_gateway.conf” não
possuir as linhas referentes à interação satelital.
4º.
Reiniciar o serviço Maxtrack Gateway: Após fazer as configurações no “mxt_gateway.conf”
e adicionar as bibliotecas para conexão ao servidor, deve-se reiniciar o serviço (Ver página Erro!
Indicador não definido.).
30
www.maxtrack.com.br
Fluxo de
dados
Fluxo de
dados
Serviço
Gateway
e
od
x
Flu ados
d
Satélites
Fluxo de
dados
Internet
Firewall
Servidor
Skywave
Fl
u
d a xo
do de
s
Veículos rastreados
por satélite
Figura 4: Fluxo de dados simplificado entre o Gateway e os veículos no modo satelital.
31
www.maxtrack.com.br
Gerenciamento do Maxtrack Gateway
Durante o processo de instalação e após a inicialização do Maxtrack Gateway, este pode estar sujeito a
travamentos e não gravação dos dados caso configurado de forma incorreta ou não tenha os arquivos
necessários para o tratamento das informações recebidas.
Para identificar as características de seu comportamento ao longo do tempo, o serviço Maxtrack Gateway
gera arquivos de log do sistema para possibilitar a identificação e tratamento dos erros. Esses arquivos são
identificados como mxt_data_processor.log, arquivo com o log do data_processor e mxt_gateway.log,
arquivo com o log do módulo gateway.
Neste tópico serão abordadas várias práticas de gerenciamento do Maxtrack Gateway, começando pela
correta forma de se interromper, iniciar e reiniciar os processos que compõe o Maxtrack Gateway, que
estão descritos na página 11.
Este processo se faz necessário em qualquer alteração de arquivos na estrutura da instalação ou ao se
modificar parâmetros de configuração dos módulos.
Interrompendo serviço do Maxtrack Gateway
Para interromper o serviço do Maxtrack Gateway você deve executar o seguinte comando.
# kill -9 pid
Obs.: em que pid é o id do processo.
Importante: Deve-se sempre verificar os arquivos de log dentro da pasta de instalação do
Maxtrack Gateway quando efetuar qualquer uma das operações acima descritas para
confirmar a correta inicialização dos módulos que constituem o mesmo (Ver página Erro!
Indicador não definido.).
32
www.maxtrack.com.br
Configuração do diretório de arquivos de log
Os arquivos de log do Maxtrack Gateway registram as ações executadas por cada módulo do Maxtrack
Gateway. Por esse motivo, os arquivos de log podem ficar muito grandes conforme o número de
equipamentos conectados ao serviço, número de comandos enviados etc., o que tende a dificultar sua
leitura. É recomendável configurar o Maxtrack Gateway para gravar os logs em um diretório separado e de
forma que se gere um novo arquivo para cada dia de funcionamento. Essa configuração pode ser realizada
do seguinte modo:
1.
Parar o serviço Maxtrack Gateway (Ver página Erro! Indicador não definido.).
2.
Localizar o diretório onde o Maxtrack Gateway está instalado e criar uma nova pasta chamada logs.
3.
Verificar na etapa de configuração do Maxtrack Gateway (Ver página 15) a opção log_file que
define de que forma serão gerados os logs, se por arquivos em uma pasta ou todas as informações
em um único arquivo.
4.
Nesta opção, ao se definir um valor, o Maxtrack Gateway vai analisar se este valor existe, caso
exista, ele vai analisar se é um diretório ou arquivo, então, para se ter as informações geradas por
dia dentro de um diretório, deve-se primeiro criá-lo dentro da pasta de instalação do Maxtrack
Gateway.
Importante: Caso não se defina o valor desta opção, o Maxtrack Gateway não irá iniciar, pois
se trata de uma configuração essencial.
5. Após a configuração do diretório, você deve iniciar o serviço novamente (Ver pagina Erro! Indicador
não definido.).
6. Agora você deve verificar, dentro do diretório de instalação do Maxtrack Gateway,na pasta que
você definiu para armazenar os logs, a correta criação dos arquivos.
Após configurar o Maxtrack Gateway para gravar os arquivos de log separados por dias de funcionamento,
os nomes dos arquivos terão o seguinte formato ao serem gerados e alterados:
Data do dia em que foi gerado no formato aaaa-mês-dd_nome do módulo.log:
Exemplos:
2012-Nov-12_data_precessor.log
2012-Nov-12_gateway.log
33
www.maxtrack.com.br
Problemas de instalação
Os problemas de instalação do Maxtrack Gateway geralmente estão relacionados à indicação incorreta dos
diretórios de dados, seja para gravação pelo serviço (logs, XML e banco de dados), seja para o devido
funcionamento do serviço ao não especificar as bibliotecas de referência para gravação de dados
(handlers). Ao realizar a instalação do Maxtrack Gateway, uma estrutura de diretórios é criada como a
pasta de licença, pasta para gravação de arquivos XML etc. O padrão é que os diretórios sejam gerados na
mesma pasta onde o Gateway está instalado.
Dica: Para facilitar a gestão dos arquivos gerados pelo Maxtrack Gateway, é
recomendável que os diretórios de gravação dos arquivos de configuração, dados ou log
sejam armazenados na mesma pasta onde o Gateway é instalado.
Definição das handlers
Handler
Função
arena_data_handler.so
Gravar os dados decodificados no
banco de dados Arena.
http_data_handler.so
Grava os dados de posição em um
banco de dados para ser exibido no
Maxtrack Connection
Gravar os dados decodificados no
banco de dados ACCWEB.
Gravar os arquivos XML
correspondentes aos dados
decodificados.
Gravar os dados decodificados no
banco de dados Maxtrackit.
Enviar as posições Serializadas para a
fila indicada no arquivo de
configuração do data processor.
accweb_data_handler.so
xml_data_handler.so
monitore_data_handler.so
protocol_buffer_data_handler.so
Protocol
mtc400_protocol.so
mtc500_protocol.so
mtc550_protocol.so
mxt_1xx_protocol.so
Idp780_protocol.so
Idp780skywave_protocol.so
mtcnet_protocol.so
td50skywave_protocol.so
mtc550skywave_protocol.so
34
Obrigatoriedade
Apenas para utilização da arquitetura
do Arena, ou seja, banco de dados,
webservice, etc.
Apenas para utilização do Maxtrack
Connection.
Apenas para utilização da arquitetura
do ACCWEB.
Ao utilizar os arquivos XML gerados
pelo Serviço Gateway.
Apenas para utilização da arquitetura
do Maxtrackit.
Apenas para utilização da arquitetura
do Protobuff.
Função
Obrigatoriedade
Decodificar os dados enviados pelo
MTC-400.
Decodificar os dados enviados pelo
MTC-500.
Decodificar os dados enviados pelo
MTC-550.
Decodificar os dados enviados pelos
equipamentos da linha MXT.
Decodificar os dados enviados pelos
equipamentos da linha IDP780.
Decodificar os dados enviados pelos
equipamentos da linha IDP780 via
satelital.
Decodificar os dados enviados pelos
equipamentos da linha IDP-780 e MTC550 FULL
Decodificar os dados enviados pelos
equipamentos da linha MTC500,
MTC550 via satelital utilizando o td50.
Decodificar os dados enviados pelos
equipamentos da linha MTC-550 via
satelital.
Ao monitorar equipamentos MTC-400.
Ao monitorar equipamentos MTC-500.
Ao monitorar equipamentos MTC-550.
Ao monitorar equipamentos da linha
MXT.
Ao monitorar equipamentos da linha
IDP780.
Ao monitorar equipamentos da linha
IDP780 com a comunicação satelital.
Ao comunicar com os módulos no
protocolo MTCNET, o uso deste se faz
necessário.
Ao monitorar equipamentos da linha
MTC500, MTC550 via satelital
utilizando o td50.
Ao monitorar equipamentos da linha
IDP780 com a comunicação satelital.
www.maxtrack.com.br
Satellite
Função
skywave_rest_satellite_communication.so
skywave_http_satellite_communication.so
satamatics_http_satellite_communication.so
Buscar os dados satelitais no
servidor Skywave com tecnologia
REST+JSON.
Buscar os dados satelitais no
servidor Skywave com tecnologia
HTTP+XML.
Buscar os dados satelitais no
servidor satamatics com tecnologia
HTTP+XML.
Obrigatoriedade
Ao monitorar equipamentos usando a
comunicação satelital.
Ao monitorar equipamentos usando a
comunicação satelital.
Ao monitorar equipamentos usando a
comunicação satelital.
Atenção: Estes arquivos são enviados apenas mediante assinatura do termo de
confidencialidade. Deve-se entrar em contato com o Departamento Comercial da Maxtrack
para ser disponibilizado.
Arquivos de log do Maxtrack Gateway
Os módulos Gateway e Data Processor geram logs que indicam informações sobre seu funcionamento.
Através desses arquivos, podem-se identificar itens como: hora em que o equipamento conectou, possíveis
causas de desconexão, erro na inserção de dados no banco etc.
Modo de visualização dos arquivos
Os arquivos de log podem ser visualizados com um comando simples de visualização de arquivos como less
por exemplo. Entretanto, esse programa permite apenas a visualização do arquivo de log, pois o arquivo log
está sendo modificado pelo módulo do Maxtrack Gateway correspondente e assim não se pode ver as
novas informações que estão sendo inseridas neste em tempo real. É recomendável a utilização do
comando tail que permite listar as novas informações em tempo real.
Para executar este comando deve-se proceder da seguinte forma.
Acesse a pasta dos log´s e execute o comando da seguinte forma.
# cd /usr/local/maxtrack_gateway/logs
# tail -f 2012-Nov-12_<nome do módulo>.log
Log do módulo Data Processor.
Nas primeiras linhas desse arquivo (ou nas linhas geradas a cada vez que o serviço é iniciado) são indicadas
o registro das Handlers e demais bibliotecas pelo serviço. Em seguida, são geradas informações nos
formatos abaixo:
Figura 5: Trecho do log onde se apresenta o módulo
1. Descrição do módulo do Maxtrack Gateway ao qual se refere o log.
2. Marca o início de um bloco de informações.
3. Versão do Data Processor.
35
www.maxtrack.com.br
4. Número de mensagens processadas durante a sessão atual. São consideradas a quantidade de
pacotes de posições recebidas e a quantidade da Acks de confirmação de comandos recebidos pelo
módulo.
5. Quantidade de mensagens processadas por segundo entre uma gravação e outra das estatísticas do
log.
6. Número de comandos criados na sessão atualmente analisada do Data Processor.
7. Modalidade de gravação das informações trocadas com os equipamentos.
accweb: Apenas gravação no banco de dados;
xml: Apenas gravação dos arquivos XML;
accweb xml: Gravação no banco de dados e gravação de arquivos XML simultaneamente.
Posição gravada pelos módulos.
Figura 6: Trecho no mxt_data_processor.log ao receber posição.
1.
2.
3.
Descrição do tipo de mensagem processada pelo Handler, identificador do protocolo dessa posição
e ID do módulo cuja posição foi recebida;
Indicação de que a posição foi gravada no banco de dados.
Indicação de que foi gerado o arquivo XML referente a essa posição.
Indicação de erros.
Figura 7: Erro ao inserir dados no banco.
1.
Erro ao tentar gravar uma posição com o mesmo índice, ou seja, a mesma posição duas vezes.
Nesse caso, não se exige uma intervenção, pois ele apenas está indicando que uma posição não foi
gravada por motivo de duplicidade de informação.
Figura 8: Erro ao inserir valor além da capacidade do campo.
1. Valor recebido maior que limite do campo na tabela onde essa informação será armazenada.
Ausência de arquivo license.dat ou equipamento não licenciado.
Se o arquivo license.dat não tiver sido adicionado na pasta license, permanentemente, o log do Data
Processor será exibido com as seguintes informações:
Figura 9: Falta do arquivo license.dat
A comunicação com os equipamentos não é efetivada, pois o Gateway passa a derrubar as conexões ao
identificar que não existe o license.dat, nenhuma posição ou comando são processados pelo Data
processor. Assim, os contadores de mensagens e comandos ficam sempre iguais à zero.
36
www.maxtrack.com.br
Se o license.dat tiver sido atualizado com sucesso, essas informações serão atualizadas normalmente. Caso
apenas alguns equipamentos configurados para conectar ao servidor não estiverem presentes no arquivo
de licenças, as informações por eles enviadas não serão contabilizadas e não serão exibidas as informações
correspondentes às suas posições.
Log do módulo Gateway.
As primeiras linhas que são geradas após esse módulo ser iniciado mostram que protocolos foram
carregados e foram lidos os arquivos presentes nas pastas onde os arquivos de bibliotecas de referências
(Way points, Firmware).
A mensagem padrão é gravada pelo serviço conforme intervalo para gravação de estatísticas configurada
para esse módulo:
Figura 10: Mensagem padrão do Gateway.
1.
Identificação do módulo do Maxtrack Server a que o arquivo de log analisado corresponde.
2.
Separador para identificação do início de um bloco de informações.
3.
Versão do Gateway.
4.
Quantidade de mensagens que foram recebidas via GPRS:
Número de pacotes de posição recebidos.
Número de aks de confirmação de comandos recebidos.
5.
Quantidade média de mensagens recebidas por segundo.
6.
Número de conexões ativas, ou seja, quantidade de equipamentos conectados ao serviço Maxtrack
Gateway. É exibido o número de conexões estabelecidas realizadas utilizando o protocolo TCP e UDP.
7.
Quantidades de comandos enviados na sessão atual do Maxtrack Gateway (após ser iniciado pela
última vez).
8.
Quantidade de comandos enviados pelo Gateway.
9.
Quantidade de mensagens na fila para serem processadas.
10. Quantidade de mensagens em memória antes de serem inseridas na fila.
11. Protocolos carregados referentes a cada tido de equipamento.
12. Informa que a handler satelital está registrada no Gateway.
13. Quantidade de mensagens processadas via transmissão satelital.
14. Quantidade de mensagens por segundo via satelital.
37
www.maxtrack.com.br
Conexão com equipamento.
Após a conexão de um equipamento, no log do Gateway, ela é descrita do seguinte modo:
Figura 11: Mensagem de comunicação com o modulo.
1.
Indicação do protocolo de comunicação, id do equipamento conectado e tamanho do pacote (em
bytes) de dados recebidos;
2.
Informação do IP de origem do módulo.
3.
Indicação de leitura do dado enviado e pacote de posição recebido em formato hexadecimal.
4.
Tipo de mensagem recebida.
5.
Mensagem informando que o pacote foi enviado para a fila.
6.
Confirmação que todos os bytes da posição foram processados.
Erros associados ao arquivo de licença.
Caso o license.dat não tenha sido inserido no diretório lock na pasta onde o Gateway está instalado, ou se o
ID do módulo não estiver incluso no arquivo de licenças, quando um módulo tenta estabelecer uma
conexão com o Gateway, é exibida a seguinte mensagem:
Figura 12: Módulo não licenciado no license.dat
38
1.
Início do processo de gerenciamento da conexão.
2.
Id da conexão.
3.
Número de conexões ativas.
4.
Início da conexão pelo módulo.
5.
Início do fluxo de dados.
www.maxtrack.com.br
6.
Indicação de leitura dos dados enviados pelo módulo, ID do equipamento que tentou a conexão e
pacote de dados enviado pelo módulo. Neste caso, não é exibido o ID correto do equipamento, mas
um código de identificação aleatório.
7.
Código do protocolo.
8.
Indicação de tentativa de inserção de dados e pacote de dados enviados pelo módulo.
9.
Tipo de mensagem recebida.
10. Indicação de que o módulo não está presente no license.dat (a mesma mensagem é exibida caso o
lincense.dat não esteja presente na pasta lock).
11. Início do processo de encerramento da conexão.
12. Detalhes do processo de encerramento da conexão.
13. Detalhes do processo de encerramento da conexão.
14. Detalhes do processo de encerramento da conexão.
15. Detalhes do processo de encerramento da conexão.
16. Detalhes do processo de encerramento da conexão.
17. Fim do processo de encerramento da conexão.
18. Inicio da indicação de cancelamento do tráfego do pacote enviado.
19. Justificativa do cancelamento.
20. Confirmação do cancelamento.
21. Inicio do processo de encerramento da conexão.
22. Detalhes do processo de encerramento da conexão.
23. Detalhes do processo de encerramento da conexão.
24. Fim do processo de encerramento da conexão.
25. Fim do processo de gerenciamento da conexão.
Atualização
Ao ser notificado que há atualizações do Maxtrack Gateway, é recomendável que seja realizado o upgrade
do serviço para ter acesso às novas funcionalidades que foram implementadas. Antes de iniciar o processo,
é necessário realizar um backup dos dados para que se evite a perda de informações.
Backup
Para realizar o backup dos arquivos correspondentes ao Maxtrack Gateway, deve-se parar o serviço do
mesmo (Ver pagina Erro! Indicador não definido.) e copiar a pasta onde está instalado para um diretório
de backup ou renomear o diretório.
Atenção: Esse backup preserva apenas informações como arquivo de licenças e biblioteca
de handlers. O backup dos dados enviados pelos módulos contidos no banco deverá ser
realizado através de uma ferramenta para back do seu gerenciador do banco de dados ou
via script sql.
39
www.maxtrack.com.br
Processo de atualização
Ao iniciar a atualização, a primeira etapa a ser executada é parar o serviço Maxtrack Gateway (Ver página
25).
Em seguida pode se executar os seguintes comandos:
Acessar a pasta onde se encontra a pasta do Maxtrack Gateway.
# cd /usr/local
Renomear a pasta onde está instalado o Maxtrack Gateway.
# mv Maxtrack_Gateway Maxtrack_Gateway_bkp
Após renomear a pasta, execute o instalador novamente e refaça os passos de instalação. Ver página Erro!
Indicador não definido..
Atualização dos Handlers
Se forem lançadas apenas atualizações dos Handlers, devem-se executar os seguintes passos:
1. Parar o serviço Maxtrack Gateway (Ver página Erro! Indicador não definido.).
2. Localizar o diretório onde o Gateway está instalado, dentro deste, acessar o diretório libs/protocol ou
libs/data_handler.
3. Remover o(s) arquivo(s) para o qual a atualização foi lançada e colar os arquivos atualizados no lugar.
4. Iniciar novamente o serviço Maxtrack Gateway (Ver página Erro! Indicador não definido.).
Atualização do License.dat
Este arquivo contém a licença de utilização dos módulos para o Maxtrack Gateway que efetua a validação
de conexão no mesmo. A validação se dá através de verificação no arquivo license.dat, arquivo
criptografado que contêm IDs dos módulos adquiridos pelo cliente até aquele momento que acumula todos
os IDs de módulos já faturados para o cliente.
Procedimento para atualização do license.dat:
1. Parar o serviço Maxtrack Gateway (Ver página Erro! Indicador não definido.).
2. Localizar o diretório onde o Gateway está instalado, dentro deste, acessar o diretório license e colar
o novo arquivo license.dat sobrescrevendo o antigo.
3. Iniciar novamente o serviço Maxtrack Gateway (Ver página Erro! Indicador não definido.).
Atenção: Após cada aquisição de novos equipamentos é indispensável à atualização do
license.dat para que possam se conectar ao servidor.
40
www.maxtrack.com.br

Similar documents

×

Report this document